Calipolense

Wednesday, February 22, 2006

Temas a debater

Depois de alguns comentários, entre os quais algunas nada abonatórios sobre o tema, o "libatos" deixou o apelo para que Francisco Chagas aparecesse com uma ideia a debater, já que foi ele que sempre foi sugerindo uma "mesa redonda de ideias". O que acontece é que em diversos blogues, Francisco Chagas apareceu com, (talvez um tema ou não) varios artigos sobre o Padre Espanca. A verdade é que esperei que alguém tocasse no assunto, mas ninguém!!! E a verdade, é que Padre Espanca é uma figura importante em Vila Viçosa, ao nível de tantas outras que são homenageadas, mas va-se la saber porquê o Padre Espanca não o é! Alguns de nós já tivemos oportunidade de ver e ler muitos dos livros deixados por aquele homem, todos eles ou quase todos dedicados a Vila Viçosa.
Bem, deixo-vos um tema para a "mesa redonda", deixado pel Francisco Chagas.
ECONOMIA“O EMPREGO – IMPACTO SOCIAL”Para que o impacto possa ser de maior amplitude a minha exposição é abrangente aos Concelhos de Estremoz, Borba e Vila Viçosa. Cuja caracterização dos Concelhos considero semelhante.Considerandos:1. Necessidade de oferta aos munícipes de assessoria e instrumentos em matéria de desenvolvimento sócio - económico;2. Necessidade em melhorar as condições empresariais e/ou laborais;3. Necessidade de colocar em marcha projectos de desenvolvimento económico e social;4. Necessidade da existência de projectos de desenvolvimento económico e social de carácter municipal e supramunicipal.Propõe-se a criação de:Órgão Coordenador de Desenvolvimento dos Agentes Locais de Promoção e Emprego abrangendo os Concelhos de Estremoz, Borba e Vila Viçosa.Objectivos Gerais:1. Identificar e dinamizar recursos ociosos;2. Maior mobilidade de recursos humanos especializados;3. Acompanhar e assessorar novos empreendedores;4. Promover, manter e organizar “ninhos” de empresas;5. Detectar necessidades formativas;6. Concertar, activar e administrar métodos para melhorar a competitividade das pequenas e médias empresas;7. Promover itinerários personalizados para melhorar as probabilidades de emprego;8. Observar e analisar o mercado de trabalho;9. Identificar, mediante prospecção e diagnóstico sócio - económico no âmbito local e comercial fontes de recursos;10. Cultivar um pensamento estratégico na planificação a curto e médio prazo;11. Aplicar técnicas para a evolução de resultados.Metodologias:• Análise de projectos de criação de empresas;• Ajuda para a realização de projectos de criação empresarial;• Promoção de actividades;• Formação profissional ocupacional;• Aproveitamento de programas diversos;• A gestão municipal deve estar vocacionada para incentivar os procedimentos para convites a empresas locais;• Formação e informação às empresas locais na organização de processos para concursos públicos;• Obrigatoriedade de clausulado contratual nas adjudicações de contratos públicos para que seja dada prioridade aos subempreiteiros do local;• Incentivos municipais para a criação de postos de trabalho;• Protocolos municipais com entidades financiadoras com objectivo de concessão de créditos para criação e viabilidade económica com taxa de juro zero.No caso desta proposta vir a ser considerada, analisada, discutida e criticada, mas desde que por intervenientes devidamente identificados, proponho que o próximo tema seja:• Aquando das eleições presidenciais todos nós ouvimos dizer pela diversa imprensa internacional que Portugal é o membro de Comunidade mais pobre.TEMA: Até que ponto a política local no concelho de Vila Viçosa, desde 1994 tem contribuído para o avançar/estado desta pobreza.
Por Francisco Chagas, Vila Viçosa, 2006-01-14